Roteiro de limpeza: o que é e como montar um?

25 out, 19 | LIMPEZA

Ambientes confortáveis e higienizados são imprescindíveis para a conquista de bons resultados no ambiente corporativo. Para que a área de zeladoria deixe tudo em ordem, o desenvolvimento de um roteiro de limpeza é muito importante.

 

A organização e limpeza de um ambiente, em especial dos comerciais, nos causam um sentimento de bem-estar e de confiança, o que acaba causando uma boa impressão e imagem ao visitante e aos ocupantes daquele espaço.

 

Para que tudo possa estar limpo de maneira adequada, é necessário um planejamento e o comprometimento da equipe de profissionais da limpeza.

 

Para isso, uma maneira eficiente e organizada é o desenvolvimento de um roteiro, onde todos os envolvidos nesses processos saibam quais são as suas obrigações e as tarefas que precisam ser cumpridas.

 

Nesse artigo, vamos apresentar o que é e como montar um roteiro de limpeza. Continue lendo e saiba mais!

 

O que é um roteiro de limpeza?

 

 

O roteiro de limpeza é um documento organizacional que indica quais os ambientes e o que deve ser limpo em determinado período.

 

É importante também relacionar os equipamentos, produtos químicos e acessórios a serem utilizados em cada espaço.

 

O roteiro deve ser encaminhado e apresentado a todos os profissionais envolvidos nessas tarefas, enfatizando os objetivos e o que se espera como resultado.

 

Não existe um modelo ideal de roteiro de limpeza, uma vez que tudo depende do segmento em que se desenvolvem os trabalhos, do tamanho, quantidade de colaboradores, bem como das dimensões e particularidades de cada área.

 

Independentemente disso, desenvolver e seguir um roteiro é fundamental para o bom andamento dos trabalhos e para garantir que nada foi esquecido.

 

Quais são os benefícios de seguir um roteiro de limpeza?

 

O roteiro de limpeza sistematiza os trabalhos, organizando as tarefas e definindo equipes.

 

Com isso, as tarefas e os objetivos são previamente conhecidos por toda a equipe, facilitando o entendimento e as obrigações de cada profissional.

 

Facilita também a separação dos equipamentos a serem utilizados, bem como os produtos e acessórios de apoio à operação.

 

Além disso, ele permite ainda a organização da limpeza, de tal forma que todas as áreas, espaços, equipamentos, móveis e objetos sofram o processo de higienização, sem que nada fique esquecido.

 

É muito importante a atenção especial em relação à limpeza de máquinas e equipamentos, pois existem recomendações técnicas dos fabricantes para o uso do material correto no processo de higienização.

 

É fundamental conversar com os líderes dos setores onde esses equipamentos estão instalados e conhecer os detalhes com relação à limpeza dos mesmos.

 

Vale lembrar que a limpeza contribui para uma maior vida do equipamento.

 

Como montar um roteiro de limpeza?

 

Como já mencionado, cada local e segmento possui características próprias, no entanto, o modelo que apresentamos na sequência atende a maioria das empresas.

 

Para a elaboração de um roteiro de limpeza eficaz é necessário listar todos os locais, ambientes e espaços do empreendimento.

 

Também liste todas as tarefas para garantir um ambiente saudável e higienizado.

 

Liste ainda as necessidades de equipamentos que deverão ser utilizados em cada local, bem como os acessórios e produtos de limpeza.

 

A partir disso, inclua cada ambiente, tarefa, equipamentos, acessórios e produtos químicos no roteiro, ou seja, no documento que apresenta quando e o que deve ser limpo, conforme exemplo.

 

O que deve ser limpo diariamente?

 

 

Chova ou faça Sol, esses ambientes precisam ser higienizados todos os dias impreterivelmente, pois são essenciais para o conforto das pessoas que utilizarão esses espaços:

  • – banheiros,
  • – cozinha,
  • – refeitório,
  • – entrada e recepção da empresa,
  • – elevadores,
  • – vestiários,
  • – objetos de decoração,
  • – tirar o pó de mesas e aparelhos,
  • – varrer ou aspirar as salas,
  • – retirar o lixo.

 

Para limpar o chão desses locais com rapidez e eficiência, uma boa dica é usar o aspirador industrial que absorve detritos sólidos e líquidos.

 

O que deve ser limpo semanalmente?

 

Pelo menos uma vez por semana é importante que esses locais e aparelhos sofram o processo de higienização:

  • – quadros de aviso,
  • – móveis,
  • – escadas e corredores,
  • – portas, janelas e vidros,
  • – garagens.

 

Uma excelente sugestão para facilitar a limpeza das garagens é usar a lavadora automática de piso à bateria que consegue chegar aos locais mais distantes sem o uso da energia elétrica.

 

O que deve ser limpo quinzenalmente?

 

Com um pouco mais de folga, esses ambientes e locais não podem ser esquecidos pelo menos uma vez a cada 15 dias:

  • – caixas de hidrantes e extintores,
  • – salas de armazenamento e depósitos,
  • – lugares altos e de pouco acesso.

 

Todo cuidado é pouco na limpeza em lugares altos, conte sempre com uma escada extensiva, garantindo a saúde dos colaboradores.

 

O que deve ser limpo esporadicamente?

 

Esses aparelhos devem ser limpos ocasionalmente e quando for perceptível que precisam de uma higienização, no entanto, tudo depende do uso e de causas externas que podem aumentar ou diminuir a periodicidade dos trabalhos:

  • – grades e portões,
  • – aparelhos de ar-condicionado,
  • – estacionamentos,
  • – calçadas,
  • – tubulações e estruturas.

 

Quanto à área produtiva, no caso de indústrias, tudo depende do segmento em que a empresa atua.

 

O ideal é conversar com o diretor industrial para a definição da periodicidade das limpezas, bem como detalhes técnicos no processo de higienização das máquinas e equipamentos.

 

Como se observa é muito trabalho, exigindo organização e determinação da equipe.

 

Para facilitar essas operações, nada melhor do que equipamentos profissionais de qualidade, que podem ser alugados e utilizados durante o tempo necessário.

 

Os equipamentos profissionais ajudam, agilizam, permitem maior qualidade nos resultados e colaboram na diminuição dos custos dessa importante área das empresas.

 

Se você deseja conhecer mais sobre essa possibilidade, entre em contato com a Loc Lav e conheça nossas soluções.

 

(Imagens: divulgação)


9 equipamentos essenciais em um canteiro de obras

Compartilhe nas redes sociais:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a
nossa newsletter