Por que a conta de água é a despesa mais alta em seu condomínio? Saiba como reduzir o consumo!

27 dez, 19 | LIMPEZA

Fazer a gestão de um condomínio é uma tarefa bastante complexa. Além de ter que lidar com problemas envolvendo condôminos e ter atenção à contração de diversos prestadores de serviços, o gestor de um condomínio precisa ter muito cuidado com questões que envolvem a manutenção e conservação das áreas comuns.

 

Dentre suas diversas responsabilidades, o gestor precisa ter atenção ao orçamento e controle de todas as despesas do condomínio. Entre os principais custos de um condomínio está o gasto com consumo de água.

 

A conta de água está alta em seu condomínio? Descubra quais são os principais motivos desta despesa e saiba como reduzir o consumo de água e estabilizar as finanças no próximo mês.

 

Identificando onde reduzir o consumo

 

Ao receber a conta de água e se deparar com um alto valor ou consumo elevado, é necessário, primeiramente, identificar onde está o problema. A primeira medida a ser tomada é buscar saber se não há nenhum tipo de vazamento nas unidades ou mesmo em áreas sociais.

 

Desta forma, pequenos vazamentos nas unidades condominiais – como vasos sanitários mal regulados – ou bomba da caixa d’água funcionado a maior parte do tempo, por exemplo, podem representar uma grande variação nos custos da conta de água de um mês para outro embora, facilmente, poderiam ser resolvidos com pequenos serviços de manutenção e certa atenção.

 

Entenda os hábitos de limpeza e de prestação de serviço dentro do prédio

 

Caso você não encontre nenhuma situação estrutural que possibilite fácil correção, saiba que é possível que o alto consumo de água esteja relacionado à rotina dos prestadores de serviço do condomínio. Embora não seja um consumo fácil de medir, o uso de baldes, mangueiras e escovões para a limpeza diária de áreas sociais e corredores costuma consumir mais água e produtos do que se imagina.

O método tradicional de limpeza – no qual o prestador de serviços molha o ambiente, retira o excesso de água e enxuga o piso com panos – é pouco eficiente. Se observarmos bem, após o processo de enxágue e secagem, perceberemos que todo o esforço e consumo só removerá uma pequena parte da sujeira.

 

Como reduzir o consumo de água e energia com uma lavadora de pisos automática?

 

Uma estratégia eficiente para reduzir o consumo de água é utilizar equipamentos de limpeza de pisos que dispõe de reservatórios para água e produtos de limpeza. Uma lavadora de pisos automática à bateria possui reservatório de 70 litros de água (4 baldes) e tem autonomia para higienizar, com enorme eficiência, mais de 2 mil m2 de piso em apenas 1 hora de trabalho. Por ser movida à bateria, o equipamento otimiza o consumo de energia de forma sustentável.

 

Além da economia de água de até 80%, uma lavadora de piso automática oferece maior controle do uso de produtos de limpeza, menor consumo de energia e promove que tarefa seja feita mais rapidamente, todavia, permitindo que o colaborador seja mais produtivo em sua rotina. Por isso, uma limpeza bem realizada tem mais durabilidade e aumenta a vida útil e aspecto do piso.

 

Você já conhecia as vantagens do uso de uma lavadora de pisos automática na rotina de limpeza e conservação de seu condomínio? Se não, saiba mais a respeito desse equipamento e aprenda como reduzir o consumo de água já no próximo mês.

E continue acompanhando nossas publicações semanais neste blog e perfis sociais! Compartilhe!

Compartilhe nas redes sociais:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a
nossa newsletter